quinta-feira, 27 de julho de 2017

Casa também envelhece!

Nem tudo são flores no reino dos alugueis, principalmente nesta época de incerteza econômica. Dentre outros espinhos destaco um que é permanente: manutenção predial.

Ter muitas casinhas de aluguel é algo realmente bom, mas têm suas pedrinhas no caminho. Uma vez ouvi de um amigo Engenheiro Civil -"Casa nunca termina". É a mais pura e simples verdade.

Nestes mais de 10 anos de labuta em locação tive que fazer e aprender vários tipos de manutenções nas casinhas. Ontem mesmo estava limpando os reservatórios, que são vários, trocando boias, prendendo as tampas, pois o vento levou 02, felizmente consegui recuperá-las. Desobstruindo canos de água pluvial.

Vale a pena investir em um projeto

É amigos, não espere que o inquilino vá resolver alguma coisa. Salvo raras exceções, eles lhes encaram como o zelador. Não querem trocar nada, desde lâmpadas, chuveiros, torneiras e até a escada de uso comum. Querem que vc providencie a limpeza.

Quando se constrói uma casa tem que pensar muito na sua manutenção. Planejar, escolher bons materiais, não economizar na hidráulica, elétrica, janelas, área de serviço, reservatórios e principalmente rede de esgoto.

Rede de esgoto: Tai uma coisa que muitos não dão o devido valor. Esquecem que os novos moradores não vão se preocupar com a gordura, cabelos, borras de café e tantas outras coisas.

Isso pode acontecer dentro e casa.

Tive recentemente um grande gasto para desentupir a rede de esgoto de uma casa que adquiri. Casa antiga tem várias "doenças" principalmente por causa da técnica de construção à época. 

Após a última troca e uma minuciosa inspeção, verifiquei que terei um grande gasto com a troca de quase toda tubulação de esgoto, caixas de passagem e cerâmica que inevitavelmente terá que ser resposta após o quebra quebra que se aproxima.

E imagine a cena de você ter que encarar os restos de outras pessoas ao abrir as caixas de esgoto. Mas não tem jeito, temos que encarar os espinhos, mesmo que super fedorentos.

Hoje, dificilmente compro uma casa usada, a não ser que seja para por no chão e começar do zero. Como sempre falei; É melhor comprar um terreno. Fujam de casa de 02 pavimentos. 

Voltando ao assunto manutenção: Se não querem a toda hora terceirizar os serviços, aprendam a fazer pequenos reparos. Tenho facilidade de aprendizado, por isso muitas coisas eu mesmo faço.

Off: Todas as minhas casas estão alugadas e com baixa vacância.





quarta-feira, 20 de julho de 2016

Quando uma alegria se transforma em uma vergonha

Muitas vezes almejamos, brigamos, lutamos, movemos mundos e fundos para alcançar algo ou um resultado. Sendo estes ao nosso ver algo que nos trará imensa alegria, quiça uma felicidade duradoura, no entanto, esquecemos de calcular o real custo beneficio.

E esta busca não se restringi aos pobres mortais, vemos diariamente, principalmente com os governantes, ações e ditas conquistas que trarão imenso benefícios para a nação e seus súditos. Mas os resultados oriundos das conquistas são muitas vezes desastrosos.



Só amanhá.

Lembro que na década passada, muito se comemorou a conquista e/ou privilégio de sediar os 02 maiores eventos esportivos globais. Conquista essa decantada por quase toda nação e todos setores. Aí daqueles que falassem ao contrário. Lembro como hoje as manchetes de alegria e felicitação.

Vários deixados para o país. Coisa boas prometiam a nação. O ano de 2014 e 2016 serão um divisor de água para mostrar ao mundo o quão somos capazes em não só realizar um grande evento, mas assim como este mudaria de forma benéfica a vida de seus cidadãos.

O que vimos em 2014 foi a maior decepção que uma nação poderia ter em um evento esportivo, ainda mais que esta sempre foi a favorita. Perdemos em todos os sentidos, tanto esportivo como em infraestrutura.

Agora para Olimpíadas, vemos gastos desnecessários, a exemplo o aparato para conduzir a tocha, que não passa de um símbolo qualquer. Digo a vocês que para o pobre trabalhador, o feijão é mil vezes mais importante. Olimpíada dá isenção fiscal a Odebrecht, Globo e quase 800 empresas.


O governo do RJ está afundada em incompetência e má gestão. Alega a todo momento não ter caixa para honrar os compromissos. Todavia em nenhum momento dispensa os vários cargos comissionados inseridos nas entranhas da máquina pública.

No campo pessoal, na maioria das vezes, somos nosso maior inimigo. Quantas vezes buscamos a todo custo e sem medir as consequências ter o carro do momento, o da moda, aquele que a vizinha irá entortar o pescoço.

Compramos aquela roupa de marca, afinal trabalhamos tanto para quê! Utilizamos o dinheiro de plástico ou um cheque que de especial não tem nada, não passa da mais pura cilada para a maioria dos correntistas que carecem de educação financeira.

Lembro diariamente de uma frase do Min. Gilmar Mendes; "Cuidado com o que pedis, pois corre sério risco de ser atendido".

Hoje, mais maduro, planejo cada passo dado, mas também acabei com a neura a ,todo momento, de ter algo para fazer ou conquistar. Fico feliz com o que já alcancei. Talvez tenho menos do que eu quero, mas tenho mais do quê preciso e mereço.

Será que realmente precisávamos destes eventos no nosso país a um custo financeiro tão alto para um retorno eficaz tão baixo? Ou poderíamos investir em tantas outras áreas, principalmente em uma real infraestrutura necessária do que em estádios e parques olímpicos?







Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...